A cidadania italiana abre portas para várias oportunidades


A iniciativa de adquirir cidadania italiana resulta em benefícios difíceis de conseguir, sem resgatar as origens da família.

Você sabia que quem tem ascendência italiana em qualquer grau pode adquirir cidadania italiana?

Esse processo pode ser mais fácil do que imagina e há muitas vantagens em ter dupla cidadania.

Viajar, estudar e trabalhar em vários países da Europa se torna bem mais fácil para quem é italiano.

Descubra quais são os benefícios de ser cidadão italiano e veja como sua vida pode melhorar.


Nova vida se torna bem acessível no Velho Continente


A cidadania italiana pode ser pedida por qualquer descendente de italiano e vale muito à pena adquiri-la porque há diversas vantagens nessa escolha. Fica mais fácil e barato viajar, estudar, trabalhar no exterior. Além disso, o passaporte italiano permite entrar em mais de 150 países, sem precisar de visto.

É isso mesmo. O passaporte italiano é considerado o quarto mais poderoso do planeta. Você já se imaginou viajando pelo mundo como um verdadeiro cidadão europeu? Vai poder circular ou morar em qualquer país da União Europeia e sem esquentar a cabeça com visto ou prazo para ficar onde desejar.

Terá direito de usufruir os serviços públicos oferecidos em cada local, por exemplo, no que se refere à saúde, à educação e a benefícios sociais. É permitido até se aposentar na Itália. Você vai aproveitar tudo o que há de bom numa região onde os habitantes vivem com altos índices de qualidade de vida.

Mais um benefício da cidadania ítalo-brasileira pode ser visto aqui mesmo no Brasil. Já pode até se imaginar, no aeroporto ou na alfândega, pegando a fila dos europeus. Ela é curta e vai rapidinho porque ninguém ali precisa preencher questionário, nem passar por entrevista para dar detalhes da viagem.

Um brasileiro deve comprovar a data de retorno ao seu país, dizer onde vai ficar, como pretende se manter no exterior e até desembolsar o valor do seguro-viagem, referente ao Tratado de Schengen. Adeus, burocracia. E se acontecer algo, você ainda pode contar com os consulados e as embaixadas da Itália ao redor do mundo.

Se você ainda não havia pensado em dar esse importante passo, reflita melhor sobre o assunto. O que viu até agora é só o começo do quanto sua vida pode melhorar, mas apenas se tomar a decisão certa.


O sonho de ir para os Estados Unidos fica mais próximo


A cidadania italiana oferece condições especiais para quem quer entrar ou até abrir uma empresa nos Estados Unidos.

Quem viaja aos Estados Unidos segue todo o trâmite que resulta na entrevista feita com o objetivo de conseguir a liberação do visto. É sempre um estresse. Você também pode ficar livre desse sufoco porque a Itália está dispensada de tal exigência, devido a um programa para isenção de visto entre esses países.

Na prática, quem é italiano, não precisa de visto de turista para ir aos Estados Unidos como turista. A única exigência é ficar no país pelo período de até 90 dias. Canadá e Japão têm regras semelhantes às americanas e isso facilita o intercâmbio com o maior número de países, em vários continentes.

As vantagens da cidadania italiana se estendem a quem vai para a terra do Tio Sam no intuito de ser empresário. Enquanto os brasileiros precisam de um plano de negócios mostrando como serão usados investimentos a partir de 500 mil dólares, os italianos conseguem iniciar as atividades declarando 100 mil dólares.

A Austrália é outro país que tem sido bastante procurado por estrangeiros. O governo de lá permite que europeus usem um visto especial concedido a quem quer trabalhar para aproveitar e contribuir com o crescimento da economia local. Ao contrário do visto de estudante, que é restrito, esse permite trabalhar 40 horas por semana.

A Nova Zelândia também está em alta porque possui vários atrativos que muitos brasileiros procuram: elevada segurança, natureza encantadora, serviços de educação e saúde com alta qualidade. O país onde foi filmado a trilogia Senhor dos Anéis quer crescer e oferece vantagens de moradia a quem tem passaporte europeu. Topa ir para lá?

Ainda não acabou. Você vai se surpreender com os outros benefícios de ter nacionalidade ítalo-brasileira.


A cidadania italiana permite morar em um país magnífico


A natureza exuberante da ilha de Sicília é apenas um exemplo do que o país oferece para quem tem cidadania italiana.

A Itália é repleta de encantos e há motivos de sobra para querer morar lá. Quem mergulha na história milenar desse país adquire raro conhecimento de arte, cultura e isso é ótimo para conversar, fazer amigos e melhorar o círculo social.

Imagine como será você, ao lado família, em um restaurante, na companhia de amigos, provando deliciosos pratos que fazem parte de uma gastronomia tão rica, quanto tradicional. Com certeza, vai até se lembrar do macarrão da nona.

Outra razão para se apaixonar pelo lugar que é um dos berços da civilização ocidental é a forte ligação da Itália com o mundo da moda. Seus habitantes prezam pelo bom gosto ao se vestir e estão sempre elegantes e confortáveis.

Visitar os principais lugares do país é como se fosse um simples passeio doméstico para quem mora lá. Veja só um exemplo do que te espera:


Roma; com seus monumentos históricos, museus e até palácios;

Veneza; famosa pelos canais que cruzam a cidade, tem a belíssima Praça de São Marcos;

Milão; com todo seu charme, respira moda e reúne as lojas dos mais importantes estilistas;

Florença é o berço do Renascimento. Ainda estão por lá admiráveis obras de arte.


Todo esse universo faz parte da vida de quem é cidadão italiano. Muitas pessoas adorariam ter tal acesso privilegiado, mas ele não é para todo mundo. Porém, se você é descendente de italiano, já pode providenciar os documentos e fazer planos bem concretos.


O mercado europeu prefere quem tem cidadania italiana


Uma das vantagens da globalização está no fato de que hoje em dia o mundo está não apenas todo conectado, mas também aberto ao intercâmbio cultural.

Estudantes e profissionais cruzam fronteiras com uma facilidade nunca vista antes na história. É uma tendência crescente e você pode se beneficiar com ela.

Quem consegue a nacionalidade italiana pode certamente trabalhar na Europa de forma totalmente legalizada. Sem dúvida, é um caminho bem mais simples e barato para chegar lá.

Empresas mais cosmopolitas, às vezes, preferem contratar quem tem dupla cidadania porque, dessa forma, valorizam toda diversidade cultural existente entre dois povos.

Se a ideia atual é ser criativo e diferente para conquistar mercado, faz todo sentido formar equipes com funcionários que têm diferentes pensamentos e experiências.

Quem sabe falar italiano de maneira fluente pode até prestar concurso na Terra da Bota, uma vez que é cidadão italiano legítimo.

Mais uma vantagem em obter essa cidadania é conseguir estudar nas instituições de ensino localizadas não apenas na Itália, mas também na Europa.

Há cursos livres, de graduação e pós-graduação, que cobram até três vezes mais barato de quem é italiano.

Também existe acesso a bolsas de estudos concedidas por órgãos do governo e entidades que incentivam a popularização da educação.

Agora, preste atenção.

Quem adquire a cidadania italiana pode transmiti-la de forma quase automática aos próprios filhos e netos, como consequência.

Caso seus descendentes ainda sejam crianças ou adolescentes, terão a rara oportunidade de aproveitar durante a vida inteira os benefícios da dupla cidadania.

E aí, o que você acha da ideia de proporcionar todas essas vantagens e muitas outras à sua família. Certamente, todos vão adorar.

Seus ancestrais ficariam orgulhosos de ver todo mundo resgatando às origens!



2 visualizações0 comentário